Grey’s Anatomy e a hora de partir

Em algumas situações, tudo o que penso é: onde é que está o Bar do Joe? Se você assiste Grey’s Anatomy, sabe que esse é o bar que fica na esquina do – hoje – Grey Sloan Memorian. É onde os médicos se encontram para celebrar ou afogar as mágoas, desde a primeira temporada. Foi … Continue lendo Grey’s Anatomy e a hora de partir

Anúncios

NO AMOR, ME TORNEI QUEM EU MAIS TEMIA

“Estava aqui calculando com meus botões, cheguei à conclusão que no amor sou a Meredith Grey, lá no início da série. Quando ela sabia que tinha uma ponta dentro dela que acreditava no amor, mas que o medo de se ferir era tão grande que a cada passo diferente do que ela esperava, tudo se … Continue lendo NO AMOR, ME TORNEI QUEM EU MAIS TEMIA

stranger things

na minha infância descia ladeira de bicicleta sem freio, capotava e levantava toda ralada (desta cena, tenho cicatrizes até hoje), em Stranger Things as crianças têm poderes e resolvem mistérios. é uma série de poucos episódios e é sofrido esperar um ano para continuar a acompanhar. a segunda temporada está TÃÃO boa quanto a primeira. … Continue lendo stranger things

dark

a viciada em série está aqui de volta para contar a vocês sobre Dark, primeira produção alemã da Netflix. bem parecida com Stranger Things e The O.A que eu também gosto muito, hahaha. se passa em Winden, uma cidade Alemã, que vem vivendo mistérios após o desaparecimento de algumas crianças. o desvendar dos motivos aguça … Continue lendo dark

Grace & Frankie e ensinamentos básicos sobre o amor

Dias atrás estava assistindo Grace & Frankie, uma série produzida pela Netflix. Conta a história de dois casais, em que os maridos das relações se apaixonam um pelo o outro e resolvem se separar e assumir esse amor após os 70 anos. Inicialmente achei que teria um tom triste e pesado, mas pelo contrário – … Continue lendo Grace & Frankie e ensinamentos básicos sobre o amor

A realidade que assusta

As coisas andam acontecendo rápido demais, os dias passam como se estivessem desesperados para tirar o pai da forca. A impressão é de que não temos tido mais tempo para aproveitar as coisas com tanta intensidade, já que começam e terminam muito rápido. A sexta-feira chega em velocidade média, a segunda em velocidade máxima, mas … Continue lendo A realidade que assusta