Viver intensamente

Essa é a história de uma garota que aos dezessete anos não sabia o que fazer da vida, mas tinha uma breve ideia.

Aos dezoito tirou carta e sentiu o gosto da liberdade pela primeira vez.

Aos vinte e cinco mudou de cidade para poder conhecer novas culturas e pessoas.

Quando fez trinta se perguntou: o que estou fazendo aqui, Senhor?

Aos quarenta olhou para trás e viu sonhos realizados e se sentiu em paz, mas não sossegou, afinal, tinha outros ainda para realizar.

Aos quarenta e sete se apaixonou por alguém e desejou viver a eternidade.

Com cinquenta e quatro meditava de manhã e à noite, tentava ter uma vida mais saudável.

Quando fez sessenta e dois anos, comemorou sua vida convidando familiares e amigos para celebrar todos os tombos que levou, todo o sucesso pessoal que alcançou, mas sobretudo por ter vivido intensamente tudo o que viveu. Porque aos dezessete essa era a ideia que ela fazia da vida: VIVER COM INTENSIDADE – VIVER!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: