Seria tarde demais?

Era um dia comum, daqueles de rotina mesmo, ela levantou da cama em cima da hora. Se arrumou correndo. Lavou o rosto para tentar despertar. Tomou um shake saudável para não comer besteira na rua e saiu.

Pegou um café na padaria da esquina, porque ela só acordava de fato depois do café, e seguiu para mais um dia cheio. No caminho para o trabalho deus alguns bons dias pela rua – pessoas por quem passava todos os dias, no entanto, sentiu falta de um sorriso bonito.

O dono do sorriso era um rapaz com quem havia combinado um happy-hour numa sexta-feira depois de muitas em que eles se viam. O papo foi bom, porém ambos preferiram não trocar telefone nem beijos. Estavam com medo demais para arriscar.

Contudo, nessa manhã sem vê-lo, ela desejou ter sabido o porquê. Ou ter o telefone dele para poder perguntar por onde estava.

Seria tarde demais?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: