O GOSTO DA ROTINA

Amanheceu em tons cinzas e mesmo assim a luz invadia aos poucos o quarto escuro onde imergi meu sono leve. Levantei coçando os olhos, como sempre. Calcei o que estava mais fácil, como sempre. Coloquei água para ferver enquanto escovava os dentes, o copo da Starbucks na pia com o coador em cima para já passar o café no jeito de levar pra fora de casa.

Me troquei – meias brancas, como sempre. All Star de cano alto vermelho em estilo rock, para minha introspecção matutina. Peguei o copo de café na pia, me despedi das gatas e abri a porta dizendo “mamãe já volta, tá bom? beeijo” soltei um ‘smack’ com os lábios, como sempre.

Desci as escadas com as chaves de casa e do carro, o café e o celular nas mãos – quase não cabia mais nada ali. Os óculos escuros entre os lábios pra não cair e espatifar no chão. Entrei no carro e liguei meu mantra da manhã no rádio, toca o caminho todo pro trabalho para aquietar a mente e começar a me acordar.

Ao chegar no trabalho, desço do carro e dou o primeiro gole no café que já não está tão quente mais. Abro o portão do escritório e me preparo para um dia completamente novo. Essa página em branco pronta para ser escrita e vivida. Checo o celular correndo, respondo o que dá e o que não dá fica para depois (e torço para que o depois chegue, tenho mania de esquecer). São oito da manhã e ainda não acordei, de fato.

Para ouvir o mantra…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: