Não prometa o que não pode oferecer

Plural de Laura Aquino e Monika Jordão.

 

A vida tem corrido depressa. Atropelado uns sentimentos daqui outros acolá. Numa metáfora boa de crescer enquanto faço a lição de casa. No caminhar, enquanto examino os exercícios de bem me cuidar, experimento ser delicadeza a quem me cerca. Numa rotina ousada. Que nem sempre me dispõe de tempo, nem paciência suficiente.

Nem todas as lições foram fáceis, mas sou boa aluna. A que você me ensinou foi demasiada dolorosa, mas de grande valia. Ela parece óbvia, mas anda escondida atrás de egos inflados e, muitas vezes, feridos também. Quando o peito descompassa é fácil plantar expectativas improváveis. Proferir palavras de afeto, exprimir planos futuros e fazer juras eternas parece natural, mas quando são vazias e fantasiosas abrem lacunas perigosas.

O outro se alimenta de cada pedaço oferecido e é preciso cuidar do que se entrega. Zelar por sentimentos cultivados demanda um esforço de grande responsabilidade e você não foi responsável. Plantou o que não tinha a intenção de colher e os frutos apodreceram e envenenaram cada pedacinho de mim. A desintoxicação doeu, levou tempo e castigou noites a fio. Derramei lágrimas, amaldiçoei dias e duvidei do reflexo no espelho, mas expurguei daqui todo e qualquer resquício seu. Deixei só o aprendizado.

Tudo aquilo que foi e que deixou marcas, me carregou na direção a um caminho de mudança. Com a intenção de transformar o que machuca, o que poda e o que tira a gentileza. Em sentimentos de liberdade, de incentivo e zelo com o que sente o outro. Para que assim, eu não cause a ninguém essa bagunça que aqui você deixou.

Reconheci em todo esse seu comportamento enganoso, a sua fraqueza. Seu medo covarde de águas profundas. Sua pequenez em desejar o raso. E de tudo que aprendi, com toda essa dor e sentindo o peito rasgado, é que não quero prometer a ninguém o que não tenho a oferecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s