A SEDE E A VONTADE DE CRESCER

A mente é uma máquina fortíssima, que pode ser programada como se bem entende. Isso não faz com que me perca de mim. Porque, na verdade, antes de fazer qualquer programação, entendo que, devo conhecer e estar em contato com tudo que sou. Só assim, hei de ter propriedade sobre tal.

Tenho lido e me interessado muito por crescimento pessoal, negociação e liderança. Recentemente fiz um trabalho do livro Supere o Não: Negociando com Pessoas Difíceis, que me apontou várias vertentes dentro do diálogo, não só o profissional, mas dicas que tenho tentado aplicar em todos os ambientes.

supere o não

Em seguida li O Monge e o Executivo, que é sobre liderança. E traz muitos ensinamentos do mundo ideal de cada liderança dentro do ambiente profissional. Que, no entanto, também pode ser aplicado na vida como um todo.

o monge e o executivo

Confesso que, nunca fui daquelas pessoas supermotivadas e positivas. Não escolhia a disciplina como companheira, nem a determinação como aliada.

Acontece que, quando 2018 começou, me prometi uma única coisa: que este seria meu ano (de crescer, evoluir, de limpeza e principalmente, de colocar em prática tudo o que aprendi para que seja alguém melhor).

A partir de então, comecei a mudar o que me incomodava. A fazer de outro jeito o que causava algum mal. E a não aceitar, de forma alguma, o que me tira a paz.

Mês passado (junho 2018), bateram no meu carro. E me desencantei com uma das coisas que mais gosto: dirigir. Sabe aquele tesão, na liberdade, que pegar no volante dá? Pois é, acabou. Era entrar no carro, achava que veria outro acidente. E todos os dias, até mudar de atitude, ficava p da vida com o trânsito. Porque em Franca, há há, não se tem muitos bons motoristas.

Foi assim que vi que o trânsito estava tirando minha paz. Era hora de mudar o cenário. Deixei o carro na garagem e comecei a ir e voltar do trabalho a pé. E a acordar às 05:00, para ter tempo de estar comigo, organizar meu dia e despertar.

Fiquei 3 semanas assim, hoje a sensação é ótima. Mas não foi fácil, tinha dias em que eu queria desistir. Queria que o carro ficasse pronto logo (nesse período de três semanas, foi para arrumar). E mais, eu que já sou bem caseira, tive mais vontade de ficar só em casa.

Foi um tempo em que também pude me desafiar, entrei num desafio do App da Nike (Nike Run Club) de 100k durante 30 dias. Hoje 26 de junho de 2018, estou feliz em dizer que já completei 81,80k, faltam 5 dias para o mês acabar e sinto que tenho tempo suficiente para atingir o objetivo ;).

 

E o melhor de tudo é que o saldo no final é de: superação, somado aos cuidados que dei e tive com meu corpo e minha mente.

 

Meu coração está feliz e grato!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s