A PORTA ESTÁ ABERTA PARA VOCÊ

Escrito originalmente para E aí, guria?

Para ler ao som de – Te vi na rua ontem

Desde que você apareceu, alguns dias atrás, passei a pensar ainda mais em ti. E nas palavras que ficaram por dizer. No meu medo de falar do passado, desenterrar coisas que já não tem mais tanta importância, porque vai que, voltam a ter. Medo de engatar uma conversa da qual eu não conseguiria me expressar de verdade, por agir no impulso do momento. Preciso de tempo para absorver tudo, pensar e, então, falar – sou assim. 

Por isso tenho refletido e já bateu umas cinquenta vezes a vontade de conversar contigo. A vontade nem é de falarmos sobre as pendências, que se resolvidas agora, podem nos dar paz, e para mim seria finalmente seguir em frente, ou não, não tenho certeza de muitas coisas quando é sobre você. O que o meu coração quer mesmo, é dizer a ti que pode contar com minha oração, com o meu amor e com o meu carinho. E que talvez, daqui a alguns meses, você também possa contar com minha amizade. Agora não, agora eu não posso ser sua amiga, porque ainda te desejo mais do que isso.

Desde que você acendeu a tela do meu celular, não parei de oscilar, entre calma e ansiedade. Entre a dúvida de que estou fazendo o certo, ou não. Se faço tudo como já fiz, ou se me abstenho destes antigos vícios e continuo com tudo diferente em se tratando de você. Porque vai ver é assim que estou conseguindo amadurecer. Me permitindo ver novos caminhos para as situações que acontecem entre a gente.

Sabe, baby, eu nunca quis que nós ficássemos em um hiato, em pontas completamente distantes. Incomunicáveis. A verdade, mesmo, é que preciso de um tempo para digerir toda essa falta que você ainda faz. Para viver todo esse amor que ainda sinto. E para me acostumar a todas as suas manias que se tornaram minhas.

Você não sabe, mas continuo a dormir do lado esquerdo da cama – porque vai que você bate na minha porta de madrugada, pedindo um lugar para dormir. No seu lugar, ninguém toca. Ninguém entra. Até que, ah, até que você tenha ido embora completamente.

Enquanto você continua aqui…

Pode entrar, que a porta está aberta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s