diário de bordo – o gosto

Vontades surgem como relâmpagos, iluminam tudo e com seu barulho movimentam toda mente. É comer doce, enriquecer, voar ou florescer.

Num domingo, como tantos outros, a mesa estava cheia – de comida e de gente. E a bola da vez era a salada e seu caldo de limão que resultava em gargalhadas. Alguém ameaçou com o garfo “ei, deixe um pouco pra mim”. Aquilo tinha gosto de alegria. Fiquei esperando minha vez, observando os catadores de milho, que calmamente selecionavam as folhas de alface e rodelas de tomate. Enfim, quando todos fizeram seus pratos, instalou-se aquele silêncio engraçado – era a fome abraçada com a vontade de comer. Tardes de domingo às vezes são contagiosas, misteriosamente prazerosas, e fica até história pra contar.

com amor, laura.

foto: we heart it

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s