Caminhada

Caminhada.

Tem terra de chão e estrada.

Sapatos ou pés descalços.

Grama ou asfalto.

E quando não é caminhada física é de história de vida.

Enquanto houver respirar e coração a bater, há caminho a trilhar.

Quando olho para os meus pés cansados, insisto em dizer: “continue, você é forte”, “continue, ainda tem muito o que viver”.

Lembra coisa de escritor, dor que não cessa, amor que não morre. Aquilo de estar sempre apaixonado e sofrendo por não ser correspondido. Já vi isso em tanta literatura por aí. E de achar bonito toda essa entrega, essas histórias – hoje sou eu que as vivo. E no instante em que pareço cair, busco dentro do peito um motivo para respirar, confiar e aceitar o que vem do coração.

Co[n]-sigo em frente.

~

Com amor,

Laura

Foto: Arquivo Pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s