5 filmes para não assistir na Netflix

A Netflix tem aumentado o cardápio de filmes e séries, ano a ano, o que é muito bom. O triste é esbarrar em conteúdo ruim e sentir que foi tempo perdido. Por isso, pra te dar uma mãozinha, hoje cito 4 longas-metragens e um compilado de curtas-metragens para passar longe.

 

1. O quarto dos esquecidos

o quarto dos esquecidos

O casal Dana (Kate Beckinsale) e David (Mel Raido) passaram por um trauma recente e para dar início a uma vida nova, decidem sair da cidade grande. Compram um casarão abandonado numa área rural e se mudam junto com o filho Lucas (Duncan Joiner). Dana é arquiteta e usa seu conhecimento para restaurar alguns cômodos, organizando tudo através da planta da casa. A trama deveria se desenvolver quando a arquiteta descobre um quarto dos esquecidos. Porém a história não se desenrola, contém furos e não consegue entregar o suspense e o terror ao que é classificada.

2. A grande ilusão

a grande ilusão

Emanuel (Kaya Scodelario) é uma garota prestes a completar 18 anos, que convive com a culpa pela morte da mãe, que teve complicações no parto. Linda (Jessica Biel) se muda para casa ao lado da garota, com sua bebê. O enredo gira em torno destas duas personagens, que a princípio deixa no ar curiosidade para quem assiste. No entanto, o desenrolar é fraco e decepcionante, e quase que não dá para acreditar que o potencial inicial foi abandonado por um roteiro insano e um encerramento sem graça que só fez deixar pontas soltas. Grande ilusão mesmo foi assisti-lo até o final.

 3. O último capítulo

o último capítulo

Esta é a história de uma jovem enfermeira, Lily (Ruth Wilson), que se muda para a casa de uma escritora de terror já idosa, que decide viver o último capítulo do seu livro numa casa bem antiga. A fotografia do filme é escura, com a intenção de ambientar o suspense. O que não ocorre. Na verdade, é aquele tipo de filme que você não acredita que pode ser tão ruim assim e fica esperando melhorar. Mas não melhora nunca.

4. XX

xx

Este é um compilado de contos de terror, estrelados por mulheres. Não faz sentido algum. Faltam palavras… não assista, apenas.

5. O afogamento

o afogamento.jpg

Tom Seymour (Josh Charles), interpreta um psicólogo infantil que socorre um antigo paciente de uma tentativa de suicídio por afogamento. Este paciente, que sente-se injustiçado pelo que aconteceu com ele no passado e começa a perturbar Tom. Aparece na casa dele, se aproxima da esposa do psicólogo – é, claramente, um jovem perturbado que precisa de ajuda. O que não dá para entender é o sentido em que se dá o arranjo. E mais uma vez, esperei que ficasse bom, mas não ficou.

Às vezes, escolho o filme pela capa, porque as descrições colocadas na empresa de streaming são muito curtas e pouco descritivas. E com os listados de hoje, concluí que aquele ditado “as aparências enganam”, é bem verdadeiro – neste caso.

Bom final de semana 😉

 

 

Foto: We Heart It

Capas dos filmes: Google

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s