Sociedade fadada a lama

Na história de um país hipócrita e fadado a lama de seus representantes, quem somos nós diante as roubalheiras? Quem queremos ser ao participar e ser este país? Estamos cansados e cheios dessa sujeira que nos quebra, nos derruba e nos envergonha. Humanos, porém cheios do próprio umbigo. “Representantes” políticos cheios de coragem para roubar, mas covardes ao assumir. Me pergunto: onde vamos parar? Quando a lama vai acabar? E é aqui, em meio aos questionamentos que me recordo que a arte sempre mostra de maneira sutil que devemos lutar pelo povo e para o povo. Para o bem social, não para o próprio. Devemos lutar por aquilo que beneficia a todos, não o que só é bom para alguns. Num determinando momento crítico do nosso país, no passado, tivemos a linda honra de ter artistas falando por nós, lutando por nós e escrevendo pelo seu povo.

É pela poesia, mas principalmente pela mensagem, obrigada Geraldo Vandré, por ser brasileiro e por ter pensando em seu povo (no título das músicas o link para ouvir).

Pra não dizer que não falei das flores

“Nas escolas, nas ruas, campos, construções

Somos todos soldados, armados ou não

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Somos todos iguais braços dados ou não

Os amores na mente, as flores no chão

A certeza na frente, a história na mão

Caminhando e cantando e seguindo a canção

Aprendendo e ensinando uma nova lição

Vem, vamos embora, que esperar não é saber,

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.”

Sempre me faltam palavras para descrever Caetano Veloso, porque as palavras dele se enraizam em mim. E é só gratidão por este ser poeta e artista.

Tropicália

“Sobre a cabeça os aviões

Sob os meus pés, os caminhões

Aponta contra os chapadões, meu nariz

Eu organizo o movimento

Eu oriento o carnaval

Eu inauguro o monumento

No planalto central do país

Viva a bossa, sa, sa

Viva a palhoça, ça, ça, ça, ça”

 

Laura Aquino

 

Foto: We Heart It

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s