A realidade que assusta

As coisas andam acontecendo rápido demais, os dias passam como se estivessem desesperados para tirar o pai da forca. A impressão é de que não temos tido mais tempo para aproveitar as coisas com tanta intensidade, já que começam e terminam muito rápido.

A sexta-feira chega em velocidade média, a segunda em velocidade máxima, mas aí quando acordamos já é quarta-feira e logo o final de semana está aí de novo. Reclamamos que o tempo não pára, mas se temos alguns minutos perto dos amigos não saímos do celular. Se vamos almoçar com a família, tão logo queremos voltar para nossas casas.

E nisso a coisa vai ficando cada vez mais superficial, mais aparências e não contatos. Mais status e não laços. Isso dá medo. Ficamos cansados demais na correria do dia a dia, e não conseguimos aproveitar o pequeno tempo de folga com outras pessoas. É que também precisamos de um tempo dedicado a nós, não é mesmo? E assim, não fazemos nem um, nem o outro. Não estamos em lugar nenhum, nem em contato externo, muito menos interno.

Assisti uma série que retrata muito o nosso dia a dia, Black Mirror, já ouviu falar? É um tanto futurista, a tecnologia é mais avançada que a nossa. O que assusta são os temas e a forma que são vividos. É bizarro como as pessoas têm de viver e como são tratadas, mas o mais assustador é ver o quão próximo estamos daquela realidade. Não é algo que está distante do que estamos vivendo e é preciso estar atento e não nos levar, de fato, para esse caminho que não tem volta, tampouco soluções boas. É preciso refletir.

Laura Aquino

Foto: Arquivo Pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s