Cansamos, cansamos sim

A verdade é que cansamos, cansamos mesmo. Não tem outra palavra que expresse melhor do que: cansaço.

Cansamos do pouco que nos oferecem, do pouco sorriso, pouca entrega, do pouco desejar e fazer o bem. Das poucas conversas, do desinteresse. Tudo isso cansa, porque chega uma hora que não dá mais para se prestar ao papel de que dá conta de carregar relações por dois. Não conseguimos ser bons amigos por dois. Ser bons amantes por dois. E na real? Ninguém tem que ser nada por dois. Onde só um está interessado, não tem espaço para o desinteressado. Onde tem um “terminado” ou um “terminante” como diz Colin em “O Teorema de Katherine”, não tem lugar para prolongar algo que já não existe mais.

Poupe sua energia empenhando-se em cuidar de si mesmo. É que dizem por aí que haverá sempre pessoas dispostas a serem interessadas e que farão por onde para permanecer em nossas vidas. Por isso, é preciso que se mantenha forte, cuidando de seu coração. Vivendo a vida e suas oportunidades. Não na expectativa de que alguém irá chegar, mas no intuito de que quando essa pessoa chegar, você também esteja interessado em fazer algo de diferente na vida dela.

 

Por: Laura Aquino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s