Reconhecer parte III

Do lado de cá a vida caminha muito devagar, tem sempre alguém cuidando da medicação, dos pacientes, e de mim. É uma coisa meio louca, Amelie. Tem dias que perco totalmente a percepção do mundo, e fico completamente aérea, de tanta medicação. Isso me incomoda muito, porque nesses dias me esqueço de tudo, inclusive de você, e de nós.

E filha, eu nunca quero te esquecer. Sinto meu peito rasgar pela vontade de te encontrar, e te abraçar e olhar dentro dos teus olhos tristes, e te provar que sempre há um caminho para percorrer.

Há momentos em que prefiro me entregar a dor, e não tomar remédio algum, só para terminar de lhe escrever, ou de ler o que tem me mandado. Sobre os filmes que me mandou, já assisti alguns e mais para frente pretendo discuti-los com você.

Os livros têm me distraído bastante, e fico imaginando o que vem à sua cabeça quando lê e questiona as tragédias ou os contos de fadas, que na realidade não existem, e rio.

Me mande uma foto suas na próxima carta, e dê um sorriso bem largo, para que meu coração possa se encher de alegria.

Continua…

Por: Laura Aquino

 

Foto: We Heart It

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s